COMPRADORES INTERNACIONAIS DESTACARAM A QUALIDADE E A VISãO COMERCIAL DO DESIGN DE MÓVEIS URUGUAIOS

Data de publicação: 11/12/2019

Com um perfil comercial e, ao mesmo tempo, artístico e inovador, o design uruguaio atrai a atenção de compradores estrangeiros em uma nova rodada de negócios.

Com o objetivo de internacionalizar o design de móveis nacionais, 20 estúdios uruguaios participaram de uma nova rodada de negócios organizada pelo Uruguay XXI juntamente com a Câmara Uruguaia de Design (CDU). Empresas internacionais visitaram a capital entre quarta-feira 4 e terça-feira 10 de dezembro.

As empresas nacionais e designers do setor participaram de uma instância ideal para a expansão de seus produtos e serviços. Nesta oportunidade estiveram presentes representantes de importantes empresas internacionais como a Muma, Estar Móveis, Punto Mobile, Italian Design Brands e a agência de comunicação Olhares.

Depois de participar das mesas de negócios e visitar diferentes mostras de marcas uruguaias, os visitantes foram questionados sobre suas impressões do design nacional. Destacaram a técnica, a originalidade e a marcada visão comercial e logística do mercado.

O diretor administrativo da fábrica de móveis da Punto Mobile, Felipe Delazzeri, destacou que "há uma escola de design muito forte no Uruguai que criou bons profissionais". Ele também ressaltou que trabalhar com esses designers sempre foi satisfatório "porque seu trabalho já está preparado para o mercado".

O sócio fundador e curador da MUMA, Matheus Ximénes, disse que o design uruguaio tem grandes pontos fortes. "Destaco a sua visão comercial e de produto", disse ele. Ele também destacou o fato de que as marcas têm uma perspectiva logística do mercado. "A forma de produzir e tentar tornar um produto viável sem ser por um valor absurdo também me pareceu muito interessante", acrescentou.

Além disso, Otavio Nazareth, sócio e editor de Olhares, agência de comunicação especializada em design, arte e arquitetura, expressou seu prazer com a experiência, que lhe permitiu compreender a produção de design no Uruguai. "Fico muito feliz em saber que muitos deles prestam serviços e estão presentes no mercado brasileiro com seus projetos (....) Eles têm um entendimento muito grande dos processos industriais", disse ele.

A editora e jornalista da Olhares News, Regina Galvão, expressou sua satisfação com a proposta uruguaia, pois, do seu ponto de vista, trata-se de "um design contemporâneo, mas também com um aspecto artístico", no qual ela observou uma diversidade de materiais. Por outro lado, a incorporação de técnicas artesanais típicas do país produziu um interesse especial.

"Em um mundo tão globalizado e com tantas referências iguais, é sempre interessante poder imprimir um pouco da própria cultura", disse o jornalista sobre o trabalho uruguaio.

"Como a indústria aqui é incipiente, o contato com o Brasil é muito necessário. Os estúdios estão determinados a conquistar esse mercado, são profissionais pela forma como apresentam e desenvolvem seus projetos", disse ela.

Galvão deu especial atenção ao trabalho realizado pelos designers de Lateral, Santiago Pittamiglio e Mauro Cammá, na criação de uma série de tapetes de forte valor visual, inspirados nas lagoas do leste do Uruguai. Os tapetes são fabricados com materiais típicos desta zona, como o cardo, e para a sua produção os designers estudaram as técnicas utilizadas pelos artesãos locais. A Lateral foi selecionada por prémios internacionais como o Salao Design e ganhou o prémio Clap Ibero-Americano em 2017.

"Inspiramo-nos nas lagoas porque temos um contacto especial e uma ligação afectiva com a costa. Queríamos pegar tudo o que é vivido lá e passar para uma linha de produtos que combinam um olhar sobre a paisagem, o conhecimento artesanal da produção e os materiais que existem na área", disse Mauro Cammá.

Esta iniciativa dá continuidade ao esforço da agência de promoção de investimentos, exportações e imagem país, Uruguai XXI, para promover a internacionalização das indústrias criativas e, dentro delas, para priorizar o design nacional.

O setor moveleiro no país

O setor moveleiro no Uruguai está em um momento de crescimento, produto da criatividade de seu talento nacional que busca conquistar mercados externos. Este ano, os designers uruguaios se destacaram na Europa com produtos novos e de alto nível.

O mobiliário criado no país é caracterizado por sua simplicidade e, ao mesmo tempo, pela marcante elegância dos produtos que levaram essa indústria em constante expansão a conquistar prêmios internacionais como o Salão Design Award de São Paulo, o Design Award da Itália e o Good Design dos Estados Unidos.

Saiba mais sobre as ações dos designers uruguaios em todo o mundo:

Indústrias Criativas

Uruguai na Feira de Design de Londres


retorna

  • partilhar