O MUNDO COMO PLATAFORMA DE CRESCIMENTO EMPRESARIAL E PROFISSIONAL

A partir da sua conformação, há quatro anos, RDA Ingeniería se propôs o desafio de ganhar espaço no mercado global dos serviços associados a projetos de infraestrutura. Para alcançar esse objetivo, a empresa se orientou a contar com uma equipe de profissionais especializados em diferentes áreas e a implementar uma estratégia de internacionalização que, até o momento, lhe permitiu trabalhar no desenvolvimento de projetos em 17 países. O caminho escolhido parece ser o correto.

RESULTADOS OBTIDOS

RDA Ingeniería está participando no desenvolvimento de seis projetos construtivos localizados fora do Uruguai. A empresa conta com uma ampla experiência em matéria de provisão de serviços de consultoria no exterior, mas é a primeira vez que está envolvida em tantos projetos internacionais de forma simultânea.

Além da quantidade, destaca-se também a variedade dos projetos, os países e as tarefas a serem realizadas. Por uma parte, RDA Ingeniería foi contratada para calcular estruturas associadas a um parque arqueológico na Espanha, uma linha de metrô no Panamá e una refinaria de açúcar na Arábia Saudita. Também está auditando o cálculo de estruturas de três hospitais no Chile, dirigindo a construção de um prédio de 15 andares na Argentina e desenvolvendo um projeto de losas pós-tensadas para um prédio de grandes dimensões no Paraguai.

No total, RDA Ingeniería trabalhou na concreção de projetos impulsionados em 17 países.

A EMPRESA

A atividade de RDA Ingeniería se iniciou em outubro de 2013, com o propósito de oferecer serviços de cálculo estrutural, tanto em nível local quanto internacional. Com o passar do tempo, a empresa ampliou suas capacidades, acrescentando departamentos de engenharia viária e hidráulica/ambiental, o que lhe permite desenvolver projetos integrais de infraestrutura. Atualmente, sua equipe inhouse está integrada por 26 engenheiros e arquitetos, que se potenciam com profissionais freelance, com os que a empresa possui um vínculo frequente.

DESAFIOS PROPOSTOS E CHAVES PARA ALCANÇAR OS RESULTADOS

"Desde que RDA Ingeniería começou a operar, nos dirigimos à internacionalização, motivados por dois fatores: ampliar as oportunidades de crescimento e participar em projetos que, pelo seu tamanho e complexidade, esporadicamente se impulsionam no Uruguai", comentou Sebastián Dieste, um dos diretores e fundadores da empresa. Por sua vez, por meio da geração de uma demanda de trabalho contínua e a participação em projetos desafiantes, "foram criadas as condições para formar e reter uma excelente equipe de colaboradores a atrair talentos", explicou Dieste.

Martín Reina, também diretor e fundador de RDA Ingeniería, destacou por sua parte a importância de se adaptar às exigências que estabelece o mercado exterior em relação ao uso de tecnologia de ponta e ao conhecimento de diferentes quadros normativos. "Um aspecto que contribui fortemente com a nossa internacionalização foi a incorporação da tecnologia Building Information Modeling (BIM) muito cedo, ao igual que a experiência gerada em matéria de gestão de normativas internacionais e de softwares específicos", indicou.

A estratégia de internacionalização se focou em três países: Espanha, por contatos profissionais desenvolvidos pelos diretores de RDA Ingeniería; Paraguai, porque se detetou um importante potencial de crescimento em nível de serviços de consultorias; e Estados Unidos, pelo tamanho do mercado e pelas oportunidades que apresenta como demandante de serviços de engenharia. Especialmente, a interação com clientes da Espanha possibilitou a participação da empresa em projetos em outros países e a geração de experiência de trabalho no âmbito internacional. No caso do Paraguai, onde RDA Ingeniería conta com um escritório próprio, foi chave o apoio oferecido pela Embaixada do Uruguai em Assunção e por Uruguay XXI através de seus programas Proexport e Fodime. Por sua parte, a aposta pelo mercado dos Estados Unidos se apoiou em uma conquista especialmente relevante para a empresa: a realização do desenho preliminar de um prédio de uso misto (centro comercial e vivendas) de mais de 60.000 metros quadrados na cidade de Charlotte, Carolina do Norte.

Dieste e Reina coincidiram em ressaltar que o Uruguai dispõe de recursos humanos capacitados para atender a demanda externa de serviços ligados à indústria da construção, como o demonstra a trajetória de RDA Ingeniería. Além disso, ambos os empreendedores afirmaram que a experiência da empresa também reflete que, para ganhar espaços no setor em nível internacional, é chave conformar uma equipe de trabalho "diversa, estável e aberta a incorporar novas capacidades de forma permanente".

  • partilhar